4/4/2018

Prioridade de quem?

Você age assim?

Prioridade de quem?

Você age assim?

Não é raro encontrar pessoas incomodadas com outros profissionais, ou então, com dificuldades em gerir seu tempo, devido ao número de intercorrências provenientes desses terceiros, ditas como emergenciais, porque precisam ser executadas “para ontem”, sem nenhum questionamento ou possibilidade de planejamento em conjunto, para negociação de prioridades e
prazos .

O que leva a pensarmos que o nosso tempo ou as nossas tarefas são mais importantes do que dos outros?
Isenta da intenção de julgamento, mas sim com desejo de provocação para reflexão e desenvolvimento, ofereço algumas
possibilidades de causas para esse comportamento repetitivo nas empresas ou nos grupos familiares:

- Vontade de mostrar eficiência ou poder para os superiores

- Pouca ou nenhuma empatia pelo outro

- Uma questão de criação em que sempre teve tudo à mão, sem esperar sua vez, o momento propício

- Autoestima baixa, com dificuldades em dizer não, pressionando quem está ao lado, hierarquicamente falando, ou abaixo

- Falta de percepção global

- Por ter um perfil que tende a potencializar problemas

É muito comum pessoas com hábito de interferir nas atividades dos colegas, com suas emergências diárias, exercendo pressão e insistência para resolver seus problemas, conquistar antipatia dos demais, quando não rótulos (inconveniente, desesperado, chato), ou ainda, ter suas demandas sabotadas.

Você pode começar um exercício identificando como procede em suas atividades, qual percentual delas executa no prazo, quantas demandam de outros setores ou apenas outros profissionais da tua equipe interna, como tem sido seu planejamento para realizá-las ou se apenas faz conforme demanda. Verificações como esses poderão fazer diferença para um autodiagnóstico, pois assim é possível perceber fragilidades ou deficiências na sua organização.

Com tais dados em mãos, faça uma autoanálise sincera de como pode se planejar melhor, com mais prazo, maior organização,
para cumprir suas atividades de forma mais eficiente, com maior possibilidade de negociação quando depende de outros para realizá-las. 

Obviamente surgirão emergências inesperadas, mas antes de se desesperar, respire, se acalme e busque entender o problema como um todo, o quanto depende de você, quanto depende de outras, o que cabe a você antecipações, entenda o cenário das outras pessoas, pois podem estar resolvendo emergências mais graves que as suas, e então mostre a situação, busque apoio, lembrando que em qualquer negociação é importante ser pautada no “ganha-ganha”.

Da mesma forma que você pede apoio aos demais, ofereça apoio também, contribua com seus colegas.

Gentileza gera gentileza” e respeito também gera respeito.

Revisão de texto: Felipe Toazza Caldeira

Receba nossos posts por e-mail

Melhore sua vida profissional

Muito obrigada! Logo entraremos em contato.
Oops! Algo não funcionou como deveria, confira seus dados!
Nós odiamos lixo eletrônico, tanto quanto você.

Acompanhe:

Fale com a Daiane Cordeiro Coach em Curitiba pelo whatsappFacebook da Daiane Cordeiro Coaching & Training, Coach e Treinamentos focados em melhorar seus resultados em Curitiba e regiãoInstagram da Daiane Cordeiro Coach and Training Curitiba. Conheça o método que vai mudar sua vida profissional.Adicione a Daiane Cordeiro no seu linkedin e saiba todas nossas novidades.Adicione o canal da Daiane Cordeiro Coach em Curitiba
Grimpo Comunicação, atraia mais clientes através da internet. Criação de Sites, Marketing Digital e mais serviços pensados para aumentar seu faturamento.