21/2/2018

Racional ou emocional

Qual o melhor?

Racionalou emocional, qual o melhor?

Não são todas as pessoas que conseguem identificar seu perfil predominante, no sentido de ser mais racional ou emocional. Alguns confundem e acreditam que uma pessoa com predominância emocional é aquela que chora facilmente, ou mesmo, se enfurece e surta por qualquer motivo. Nas corporações, muitos gestores acreditam que uma tomada de decisão será mais assertiva se tomada apenas racionalmente, o que posso dizer que dificilmente acontece e se engana quem acredita nisso.

Ao analisar a estrutura cerebral é possível identificar que o neocórtex é responsável pela parte racional/pensante, o sistema límbico é de onde surgem as emoções, ou seja, responsável pelo sentir e, por último o reptiliano pelo instinto, ou também, pela ação.

Todo ser humano tem seu lado racional, emocional e instintivo, contudo, nem sempre em harmonia, ou seja, muitas vezes um deles é predominante.

Basicamente essas predominâncias impactam nas tomadas de decisões, pois uma pessoa mais racional, toma decisões baseadas na lógica, desconsiderando, muitas vezes sentimentos ou reações de outras pessoas.
Já uma pessoa mais emocional tende a levar em consideração o outro e suas reações, ouve sua própria intuição, leva em consideração argumentos ou questões mais subjetivas.

Para melhor ilustrar, contribuirei com duas situações comuns em empresas:

1. Um profissional discute com seu gestor e esse gestor, de forma impulsiva, sem analisar os impactos, cenários, demite o profissional colocando em risco a área e, consequentemente a empresa, por um instante de cólera, usando de seu poder. 

2. A empresa decide usar uma ferramenta chamada “Pesquisa de clima”, a qual deve ser divulgada de forma clara, para toda a equipe, esclarecendo os objetivos desejados. Depois de respondida, a gestão deve entender como está a percepção da equipe sobre a empresa, em vários âmbitos, para assim, realizar melhorias, as quais devem ser divulgadas, levando a equipe perceber os benefícios em contribuir com suas respostas sinceras. O que muitas vezes acontece é uma falha na divulgação da ferramenta, contribuindo com fantasias e receios dos objetivos do processo. Em segundo lugar, alguns não fazem nada diante das respostas, pois não se planejaram para isso, ou então, existe gestores que usam de retaliações às equipe, quando irritados com as respostas. Obviamente que nesses casos, não existe nenhuma conversa com a equipe, depois de mudanças, sejam elas cortes ou reestruturações.  Não é difícil prever que na próxima vez tentativa de realização do mesmo processo ou outro similar, os profissionais sentirão medo de expor sua forma de pensar, acarretando em prejuízos para todos.

O grande desafio do ser humano é a busca do equilíbrio, em todas as esferas da vida e, balancear entre racional e emocional não é diferente. Usar seu lado emocional, não te torna frágil, tampouco usar seu lado racional não faz de você rígido ou frio.

Em uma tomada de decisão, para melhores resultados, é saudável usar a lógica, entender dados, fatos, argumentos, mas consultar sua experiência, analisar e levar em consideração o impacto global e local, o impacto nas equipes, na empresa, a curto, médio e longo prazo.

Revisão: Felipe Caldeira

Receba nossos posts por e-mail

Melhore sua vida profissional

Muito obrigada! Logo entraremos em contato.
Oops! Algo não funcionou como deveria, confira seus dados!
Nós odiamos lixo eletrônico, tanto quanto você.

Acompanhe:

Fale com a Daiane Cordeiro Coach em Curitiba pelo whatsappFacebook da Daiane Cordeiro Coaching & Training, Coach e Treinamentos focados em melhorar seus resultados em Curitiba e regiãoInstagram da Daiane Cordeiro Coach and Training Curitiba. Conheça o método que vai mudar sua vida profissional.Adicione a Daiane Cordeiro no seu linkedin e saiba todas nossas novidades.Adicione o canal da Daiane Cordeiro Coach em Curitiba
Grimpo Comunicação, atraia mais clientes através da internet. Criação de Sites, Marketing Digital e mais serviços pensados para aumentar seu faturamento.